Melhores Destinos Smiles: Helsinque, Finlândia

Helsinque, a capital da Finlândia

A Finlândia é um país escandinavo, juntamente com Suécia, Noruega, Dinamarca e Islândia. Possui 5,5 milhões de habitantes, a maior parte deles vivendo no sul do país, próximo à capital. Helsinque é a capital e maior cidade da Finlândia, onde vivem 650 mil pessoas, localizada na parte norte do Mar Báltico, um mar interior ou continental. Trata-se do mar de menor salinidade do mundo, quase um lago que recebe um grande volume de água doce do degelo das regiões subpolares e tem apenas uma pequena área de contato com o Oceano, no canal que separa a Dinamarca da Noruega e Suécia.

A Finlândia é conhecida como o “País dos Lagos”. Possui 190 mil lagos e 180 mil ilhas. O país é plano, com poucas elevações, cobertas de taigas. Durante a Segunda Guerra Mundial, a região foi aliada da Alemanha e teve uma forte atuação contra a União Soviética. Após a derrota da Alemanha, foi forçada a aceitar exigências de reparações e controle, cedendo parte do seu território.

A retomada do comércio com a Europa transformou o país em uma potência industrial. Hoje, possui uma das melhores qualidades de vida do planeta. A educação é de excelência, a melhor da Europa e uma das melhores do mundo. Helsinque é considerada a melhor cidade do mundo para se morar, o conceito se baseia em quesitos como taxas de criminalidade, índices de educação, acesso a transporte e saúde pública, mas também leva em consideração a qualidade do ar, os parques urbanos etc. No verão, a população, que possui uma forte intimidade com o mar, fica na orla até tarde da noite. Aliás, noite que quase não existe.

Se no verão esse é um aspecto positivo, no inverno, o problema é inverso. Temperaturas muito baixas e as noites polares muito longas, com pouquíssimas horas de sol, fazem com que a população quase não saia às ruas. Apesar de toda a qualidade de vida excelente do país e de sua capital, a Finlândia possui um dos mais altos índices de alcoolismo e suicídio do mundo. O governo tenta ao máximo coibir o uso de bebida alcoólica. Proíbe a venda de destiladas em mercados e cobra altas taxas de impostos para esses produtos.

O Mercado Central fica na beira do Golfo da Finlândia e atrai muita gente que passeia por entre as barracas de frutas, verduras e peixes. As pessoas degustam as delícias do lugar, que variam desde morangos a peixes preparados na hora trazidos para o Mercado pelos agricultores e pescadores das redondezas. Próximo ao Mercado fica o Parque Esplanadi, principal ponto de encontro dos moradores de Helsinque, que passeiam pelos jardins e podem assistir a apresentações de artistas de rua que animam os que estão por lá, sobretudo no verão.

Quando ir?

A Finlândia possui um clima que varia do temperado oceânico frio ao subpolar. Helsinque fica no Sul e as temperaturas são amenas no verão, mas a alta latitude faz com que o inverno seja bastante frio. A melhor época para viajar a Helsinque é o verão, de junho a setembro. Nesses meses, as temperaturas são amenas durante o dia, com noites agradáveis. Os dias são longos e o turista aproveita melhor o tempo.

Como chegar?

Ícone

VOOS

Não existem voos diretos do Brasil para Helsinque, mas em muitas das grandes cidades europeias pode-se fazer uma conexão direta para a capital da Finlândia. Quem já está nos arredores do Mar Báltico, uma alternativa é ir de Ferry Boat, sobretudo a partir de Estocolmo ou de Tallinn, na Estônia. Não precisa de visto nem certificado de vacinas para quem vai à Finlândia, mas o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: as principais atrações de Helsinque estão concentradas no centro e podem ser visitadas a pé. Essa sem dúvida é a melhor forma de conhecer a cidade.
  • Praça do Senado: visite a obra-prima construída pelos governantes russos no início do século XIX. No centro, aparece uma estátua do Czar Alexandre II. Num dos lados da praça fica a Catedral de Helsinque, que é Luterana e dedicada a São Nicolau. Em estilo neoclássico, fica no alto de uma escadaria, numa das laterais. As colunas coríntias brancas e as cúpulas verdes são as marcas principais da fachada da Catedral.
  • Monumento a Sibelius: conheça o monumento feito com 600 canos prateados que formam ondas e lembra os tubos de um órgão de igreja. Fica no Parque Esplanadi em homenagem ao músico Jean Sibelius, bastante cultuado na Finlândia.

O centro de Helsinque é, sem dúvida, uma das melhores opções de hospedagem. Por lá, o turista encontra os principais pontos turísticos, como a basílica luterana de Tuomiokirkko, além de ruas comerciais e restaurantes.

Ícone

Hotéis em Helsinque

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

São Petersburgo
Estocolmo
Oslo
Copenhague

Compartilhe essa página com os amigos: