A Holanda está situada na foz do Rio Reno. Uma parte significativa do país foi construída pelo homem através de grandes aterros denominados pôlderes. Amsterdam é a capital e maior cidade dos Países Baixos ou Nederland, o nome oficial da Holanda. A sua localização estratégica com um excelente porto marítimo e fluvial, na foz do Rio Amstel, possibilita a ligação entre o Mar do Norte e o interior da Europa e estimulou o seu crescimento.

A cidade é cheia de canais e por esse fato, também recebe o apelido de “Veneza do Norte”, juntamente com Bruges e São Petersburgo. Uma boa maneira de começar a conhecer Amsterdam é pegar um barco de turismo no canal principal e fazer um passeio pelos canais secundários. As casas e palácios, com portas e janelas trabalhadas e decoradas, emolduram o canal.

Uma das curiosidades locais são os barcos parados transformados em residências. Viver aí, livra o cidadão de impostos prediais. Hoje isso é um problema para Amsterdam, em função da grande quantidade de pessoas nessa situação. As casas flutuantes estão ligadas á rede de água, eletricidade, gás e esgoto. Algumas possuem jardins, decks, etc.

Amsterdam é uma cidade jovem e animada, sobretudo na primavera e no verão. A vida noturna é intensa, os bares e restaurantes estão por toda parte. É famosa pelo espírito liberal e pela grande tolerância cultural e social.

O Museu Van Gogh é um marco na cidade. Apresenta a principal coleção de quadros do maior artista holandês, e permite acompanhar as suas diversas fases criativas.

A Holanda é famosa pelo cultivo de flores, o Mercado das Flores de Amsterdam está na beira do canal. O sucesso maior fica para as tulipas. Aí também é possível comprar alguns tipos de suvenires, dentre eles os tamancos de madeira (klopen), bastante coloridos e que ainda hoje são usados por alguns holandeses. Nos arredores da cidade fica Bloembollenstreek, a mais importante área de cultivo de flores do país. Atrai multidões, sobretudo no início da primavera, até meados de abril, quando um mosaico de flores e cores domina os campos.

Abril é também o mês em que acontece a festa mais peculiar da Holanda, o Dia do Rei. Uma festa animada em que os holandeses comemoram em todo o país, mas especialmente em Amsterdam. Todos se vestem de forma espalhafatosa e laranja. É um feriado nacional que cai sempre no dia do aniversário do Rei. O monarca atual é Willem-Alexander que faz aniversário em 27 de abril. Período de flores e tulipas.

O Museu Anne Frank é uma das atrações mais visitadas da cidade. Quando a Holanda foi invadida pelos nazistas, as famílias judias Frank e Van Daan decidiram se refugiar nos fundo da própria casa comercial, temendo a perseguição e o exílio nos Campos de Concentração.

O museu fica na casa em que Anne Frank se escondeu com a sua família. É possível caminhar pelos diversos cômodos que foram utilizados no esconderijo. O local emociona, pois a medida em que os visitantes percorrem os seus caminhos, sentem o clima de opressão e medo vivido pelos judeus na Segunda Guerra Mundial.

Fotos: Joaquim Nery

Quando ir?

Amsterdam pode ser visitada em qualquer época do ano. No inverno pode ser muito frio e venta bastante. O verão é agradável e possui temperaturas amenas. A melhor época para visitar a cidade é a primavera para desfrutar de duas atrações a mais: a floração das tulipas e a Festa do Rei.

Como chegar?

Ícone

Voos

A KLM voa para Amsterdam a partir do Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza. Com milhas Smiles esse sonho pode ser facilmente realizado. Saiba mais sobre os voos.

Ícone

Certificados e Passaporte

Não precisa de visto nem de certificado de vacinas para quem vai a Amsterdam, mas o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde.

Dicas

  • Bikes: Amsterdam é a cidade das bicicletas. Chega a ser um exagero. A população inteira usa. O centro é pequeno, pode e deve ser percorrido a pé, mas na capital dos Países Baixos o pedestre nem sempre tem vez. As bicicletas passam a toda velocidade, ocupam as calçadas obrigando as pessoas a descer para as ruas, onde passam bondes e carros.
  • Segurança: cuidados com os pertences pessoais é sempre necessário nos locais de concentração de turistas.

Os locais mais interessantes para hospedagem estão perto de algum dos canais, com destaque para os bairros de Jordaan e, para quem gosta da vida noturna, as praças Leidse, Rembrandt e Dam.

Ícone

Hotéis em Amsterdam

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Lisboa
Barcelona
Paris
Roma

Compartilhe essa página com os amigos: