Melhores Destinos Smiles: Siena e San Gimignano, um passeio pelo coração da Toscana

San Gimignano e Siena – uma volta à idade média

San Gimignano e Siena ficam no coração da Toscana. Visitar essas cidades é viajar pela Idade Média através das colinas da mais charmosa região da Itália. O caminho através dos campos da Toscana possui uma paisagem linda, as colinas seguem em ondulações verdes cobertas por vinhedos e oliveiras que se perdem no horizonte.

San Gimignano é famosa pelas suas 13 Torres e pela história medieval. As torres são avistadas de longe e dão à cidade uma aparência imponente. Foram construídas por famílias nobres nos séculos XII e XIII, quando San Gimignano prosperou bastante, na Idade Média, pois fazia parte dos roteiros de peregrinação entre Roma e Santiago de Compostela. Era um importante ponto de parada no caminho.

San Gimignano sofreu muito com a Peste Negra de 1348, que dizimou a maior parte da sua população e impôs um desvio no caminho dos peregrinos. Isso provocou o declínio econômico, mas ao mesmo tempo preservou a cidade, que permanece quase inalterada na sua arquitetura medieval.

A cidade fica no alto de uma colina de 334m e serve de ponto de partida para visitantes da Toscana. As ruas estreitas e becos estão lotadas de turistas do mundo inteiro. É rica em obras de arte, lojas, restaurantes e pousadas.

Siena é uma cidadezinha medieval, pequena e aconchegante, formada por uma série de ruas estreitas e becos, onde se perder pelo caminho é uma das atrações. Ela possui uma boa infraestrutura para o turismo e é cheia de lojas, restaurantes e galerias de arte.

A principal atração é a Piazza Del Campo, considerada uma das mais lindas da Itália e uma das maiores praças medievais da Europa. Ocupa a área de um antigo fórum romano. Sempre foi o coração político e cívico da cidade, cenário de execuções, julgamentos públicos e touradas. Hoje, é cercada por bares, hotéis e restaurantes.

É lá que acontece o “Palio de Siena”, a principal festa da Toscana. Uma corrida de cavalos sem sela, que acontece desde a Idade Média, e que ainda hoje tenta relembrar aqueles tempos. Acontece entre os dias 2 de julho e 16 de agosto. Dezoito bairros (contrades) participam da corrida e desfilam pela Piazza del Campo com trajes típicos, estandartes e bandeiras. Nos dias que antecedem o evento, Siena já fica enfeitada com as cores e alegorias de cada bairro. Pelas suas ruas, é comum ver os símbolos dos “contrades”, estampados nas fachadas das casas e nos estabelecimentos comerciais. São flâmulas, bandeiras placas e entalhes que demonstram a lealdade dos cidadãos ao bairro onde nasceu.

Na Piazza del Campo fica o Palazzo Pubblico onde funciona o Museu Cívico. No pátio do Palácio fica a Torre del Mangia com 102 metros de altura e que fornece uma bela vista da cidade para quem se aventurar pelos seus 505 degraus.

Quando ir?

A Toscana possui clima Temperado Mediterrâneo com quatro estações bem definidas, podendo ser visitada em qualquer época do ano. O verão pode esquentar, mas os campos da Toscana estão mais bonitos. Para quem não se incomoda com o calor é uma excelente época para a viagem. O inverno fica frio e chuvoso, por isso, o ideal é fugir dessa estação. O tempo fica mais agradável na primavera e no outono. 

Como chegar?

Ícone

VOO

Siena e San Gimignano ficam no coração da Toscana e não têm aeroporto. A melhor forma de chegar nas regiões é alugando um carro, a partir de Florença, Roma ou Milão. Defina a estratégia da sua viagem e escolha o caminho. Viajar de carro pelos campos da Toscana é uma excelente alternativa.
Não é necessário visto nem certificado de vacinas para quem vai à Itália, mas o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde.
Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: Siena e San Gimignano são cidades muito pequenas. As principais atrações ficam no centro e precisam ser visitadas a pé. Dessa forma, pode-se desfrutar melhor a arquitetura e as principais atrações.
  • Torre Grossa: visite a mais alta entre as 13 Torres, com 54 metros de altura, e a única aberta para visitação. Subir as suas escadarias é um programa imperdível para quem quer ter uma vista magnífica lá de cima, dos campos da Toscana.
  • Igrejas e museus: em Siena, há diversas opções de igrejas e museus. A mais importante é o Duomo, uma das maiores catedrais da Itália e um verdadeiro tesouro da arquitetura religiosa de Siena.

Há duas opções de hospedagem em Siena: dentro ou fora da muralha (centro histórico). Na parte de dentro, a vantagem é ficar próximo de diversas atrações turísticas. Quem se hospedar fora da muralha vai encontrar mais tranquilidade e preços menores de hospedagem. Assim como em Siena, para se hospedar em San Gimignano é preciso levar e consideração se deseja estar perto ou não do centro histórico – onde ficam os principais monumentos, parques e basílicas.

Ícone

Hotéis em San Gimignano e Siena

Reserve seu hotel.
Mapa

Lugares para visitar

Outros Destinos

Milão
Veneza
Florença
Pisa

Compartilhe essa página com os amigos: