Melhores Destinos Smiles: Moda e Design na cosmopólita Milão

Milão, A Capital Mundial Do Design

Milão é a mais cosmopolita das cidades italianas e a segunda maior do país. Fica na Lombardia, ao norte da península da Itália, entre os Alpes, na fronteira com a Suíça, e o vale do Rio Pó. É o centro da principal área industrial e financeira do país e possui a maior economia da Itália. A cidade é a capital mundial do design e da moda, possui lojas e galerias mundialmente famosas. A mais famosa de Milão é a Galleria Vittorio Emanuele II, localizada na Praça do Duomo e considerada o shopping mais antigo do mundo.

Anualmente, Milão sedia grandes eventos de moda, feiras de design e decoração.
A Galeria Vittorio Emanuele II é “A Sala de Visitas de Milão”. Tem formato de cruz com um centro octogonal adornado por mosaicos representando os quatro continentes. O telhado de metal e vidro foi uma técnica pioneira para o século XIX. O fato de Milão ser considerada a “capital” mundial da moda e do design, atrai muitos jovens aspirantes a “top models” que costumam passear pela Vitório Emanuelle.

Apesar de não ter a importância histórica de cidades como Roma, Florença ou Veneza, o passado cultural e musical também está enraizado na história da cidade, terra de Giuseppe Verdi e do famoso Teatro Scala, uma das casas de ópera mais famosas do mundo. A principal atração turística da cidade é a magnífica Catedral (ou Duomo) de Milão, uma das mais belas do mundo. O monumento gótico possui uma grande quantidade de torres pontiagudas, 157m de comprimento e 109m de largura e 45m de altura, possui 135 agulhas e uma grande quantidade de estátuas e gárgulas. Começou a ser construída em 1386 e só foi concluída em definitivo 400 anos depois, no início do século XIX.

Na fachada, a imensa porta principal possui um excelente trabalho em baixo relevo, que conta a vida da Virgem Maria e a própria história da cidade.

Hoje, no interior da Catedral aparece uma réplica da Madoninna, uma escultura dourada colossal, cuja original fica na ponta da agulha mais alta do duomo e é o símbolo maior dos milaneses. A estátua é dedicada a Nossa Senhora. A réplica fica hoje na nave principal, foi feita como parte das comemorações da Expo Milão 2015, e é um dos lugares mais visitados da igreja.

 

Na grande torre da Catedral existe um elevador que leva aos telhados da igreja. Lá de cima existe uma bela vista da cidade e sobretudo da Praça do Duomo. O que mais chama a atenção, porém, é a exuberância de detalhes do telhado desse colosso da arquitetura gótica.

Quando ir?

As estações do ano costumam ser bem definidas e Milão pode e deve ser visitada em qualquer época do ano. A cidade fica cheia no verão, em especial nos meses de julho e agosto. Com clima mais quente e promoções nas lojas, é a época ideal para quem gosta de ir às compras.

Como chegar?

Ícone

VOO

Voos diretos ou com conexão partem das principais cidades brasileiras com destino a Milão. A cidade é um dos principais hubs aéreos da Europa e um dos portões de entrada da Itália. Não precisa de visto nem de certificado de vacinas para quem vai a Milão, mas o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: Milão tem um bom sistema de transporte público com metrô, bonde e ônibus, de qualidade. Considerada uma das capitais mundiais da moda, a cidade possui ruas inteiras dedicadas ao consumo, com outlets e shopping centers, além de ser repleta de bares, pubs, restaurantes teatros, cafés e casas noturnas, que garantem diversão para todos os tipos de público.
  • Cultura: é em Milão que está a “Última Ceia” de Leonardo da Vinci, uma das obras mais importantes do gênio renascentista. A visita à “Última Ceia” na igreja de Santa Maria delle Grazie precisa ser agendada com muita antecedência.
  • Gastronomia: não deixe de comer o risotto alla milanese, feito com açafrão e, em geral, acompanhado com ossobuco. Outras boas pedidas típicas da cidade são a polenta e o queijo mascarpone.

Milão possui hotéis de diversos tipos, desde os mais luxuosos a albuergues. A dica é fazer reserva com certa antecedência para garantir boas tarifas. Turistas podem ficar hospedados no centro da cidade, que encanta por sua arquitetura e é muito agradável para caminhadas.

Ícone

Hotéis em Milão

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Barcelona
Chicago
Dubai
Fortaleza

Compartilhe esta página com os amigos: