Rio de Janeiro

Se o Brasil fosse uma cidade, ela seria o Rio de Janeiro. Mar e montanha se enroscam em uma orla maravilhosa, das mais desejadas desse planeta. Não só as curvas e as cores da geografia, claro, que fazem o visitante se apaixonar pelo lugar – e sempre querer voltar. Boa parte da história nacional aqui se desenrolou, deixando uma herança cultural extremamente rica. Se o estrangeiro visita só três lugares no Brasil, eles devem ser: Rio, Pantanal, Amazônia; ou Rio, Foz do Iguaçu, Salvador, ou... seja lá qual for o trio, Rio está presente. E merece. Basta ver o sem-fim de programas incríveis para fazer durante o ano inteiro. Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo, Lapa, Santa Teresa, Jardim Botânico, nem mesmo uma vida toda dedicada a essa cidade dá conta do que ela pode proporcionar de encanto. Por isso, vá para o Rio. Sempre.

Ponto Turístico do Rio de Janeiro

Comer

Teva: Um restaurante vegetariano que em nada lembra o estereótipo de casas com tal perfil. Assim é o descolado Teva, comandado pelo chef Daniel Biron. No menu, esqueça receitas onde predominam a carne de soja. Fazem sucesso o steak de shiitake ao molho Béarnaise e drinks elaborados como o Fitzgerald, que leva gin, limão siciliano e angostura. Tudo embalado por uma trilha bem animada.

Comida Típica do Rio de Janeiro

Lasai: No sofisticado Lasai, em Botafogo, dono de uma estrela Michelin, a experiência é exclusiva – por isso, é necessário fazer reserva. Há duas opções de menu degustação, e, em uma delas, você deixa a escolha dos pratos nas mãos do chef Rafa Costa e Silva e sua equipe. Outro detalhe especial são os ingredientes, todos frescos, colhidos em hortas mantidas pelo chef e pequenos fornecedores, o que faz com que as opções sempre variem. 

BB Lanches: Na esquina das ruas Ataulfo de Paiva e Aristides Espínola, no baixo Leblon, está o tradicional BB Lanches, casa de sucos em atividade há 53 anos. Há quem diga que o pastel de camarão e a mistura de fruta do conde e maracujá são as melhores da cidade. Aqui, o clima é descontraído: todo mundo come em pé, no balcão. Boa pedida para um pré ou pós-praia, já que o BB fica a duas quadras das areias do Posto 12. Acesse: Rua Aristídes Espínola, 64, Leblon.

Cozinha Mironga: A mistura entre referências antigas e novas é um dos charmes do Cozinha Mironga, restaurante localizado em um prédio tombado pelo Patrimônio Histórico na região portuária da cidade. A modernidade fica por conta de pratos como o hambúrguer de carne de porco e da decoração – o destaque é a obra da artista carioca Adriana Varejão, irmã do dono da casa.

Comprar

Void: A Void General Store, que já virou rede e tem lojas em bairros das zonas sul e oeste, faz jus ao nome e vende de tudo, desde roupas e acessórios produzidos por designers locais, a tênis importados e petiscos. É capaz de você entrar querendo comprar um doce e sair com roupas novas. Aos finais de semana, os espaços ficam lotados de jovens que se encontram na loja para beber e colocar o papo em dia.

Babilônia Feira Hype: Foi em uma edição da Babilônia Feira Hype, evento de moda que acontece desde 1996, que a Farm, a marca carioca mais famosa do Brasil, deu seu pontapé inicial. Só por isso já dá para notar que a curadoria da feira, onde também são expostos produtos de design e decoração, é poderosa. Fique de olho na página do evento para acompanhar as próximas datas.

Felipa: Na badalada rua Dias Ferreira, no Leblon, a pequena loja Felipa é o paraíso dos espadrilles, sapatos femininos feitos de palha ou cordas que começaram a fazer sucesso na Europa e ganharam identidade carioca pelas mãos da economista Mariana Luchi, dona da marca. Há opções com e sem salto e nas mais diversas cores.

O Grito: Já conhecido dos fashionistas cariocas, o bazar O Grito, que há seis anos vende peças vintage cheias de personalidade em eventos mensais, abriu sua primeira loja. Idealizado pelo produtor de moda Thiago Neves (que adora garimpar tendências no Brasil e em viagens para o exterior), o espaço fica no bairro de Botafogo e oferece de roupas feitas à mão a opções de grifes renomadas.

Sair

The Maze: Já é tradição, toda primeira sexta-feira do mês, os amantes de jazz batem ponto no The Maze, bar localizado em um hostel no alto da comunidade Tavares Bastos, no bairro do Catete. Os shows são organizados pelo inglês Bob Nadkarni, dono do local. Se não bastassem a música boa e os drinks, ainda tem uma vista incrível para a Baía de Guanabara.

Vista do Rio de Janeiro

Vizinho Gastrobar: Comandado pela mixologista Jessica Sanchez, o pequeno e animado Vizinho Gastrobar, na Barra da Tijuca, tem feito sucesso com drinks refrescantes como o Don’t kill my vibe, à base de gim, Campari e soda de gengibre artesanal. Você também pode personalizar o que vai beber escolhendo os ingredientes que mais combinam com seu paladar.

Canastra Bar: O clima descontraído lembra o de um boteco típico carioca, mas o cardápio entrega o diferencial do Canastra Bar, aberto por três franceses que se conheceram na cidade: além de cervejas, há opções de vinhos, sangrias e, para comer, petiscos como queijos, lula, polvo e ostras frescas. Não é à toa que o endereço, em uma pequena rua de Ipanema, está sempre lotado.

Baretto-Londra: Comum na noite carioca, o ar informal passa longe do Baretto-Londra, bar do Hotel Fasano. Com decoração inspirada em clássicos do rock, a casa conta com pocket shows e DJs. Na carta de drinks, destaque para o malt sour, feito com uísque escocês Cardhu, gengibre, limão-siciliano, mel e sour mix.

Fotos: Kabre, Lipe Borges e Pedro Gonçalves

Quando ir?

Quem gosta do agito, não pode deixar de conhecer a cidade durante o verão. Nesta época, além de praias sempre lotadas, acontecem os dois principais eventos da cidade: o Carnaval e o Réveillon. Caso sua opção seja viajar para a cidade maravilhosa em outras estações, não deixe que conhecer as praias, afinal, o sol aparece na região o ano todo.

Como chegar?

Ícone

voos

Os voos chegam ao aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), mais distante do centro da cidade, e ao aeroporto Santos Dumont, localizado mais próximo ao centro. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Vertical Rio: já imaginou sobrevoar, em um helicóptero sem portas, atrações como o Cristo Redentor e o Morro Dois Irmãos? Essa é a ideia do Vertical Rio, passeio lançado recentemente e que já está fazendo sucesso entre o pessoal que não abre mão de uma experiência diferente e cliques bonitos para as redes sociais. Promete ser a sensação deste verão.
  • Ilhas Tijucas: não é preciso ir longe para curtir a tranquilidade e beleza de um arquipélago. As Ilhas Tijucas, localizadas entre São Conrado e Barra da Tijuca, é um dos spots favoritos dos cariocas que curtem esportes. As águas calmas e cristalinas tornam a região perfeita para mergulhar e praticar stand up paddle, passeio organizado pelo Espaço Pura Vida.
  • Galeria Novocais: dá para passar horas na zona portuária da cidade explorando a paisagem e os vários programas culturais. Além do Museu do Amanhã e do Pier Mauá, a área, revitalizada recentemente, ganhou em outubro mais uma atração: a Galeria Novocais, onde há uma mostra permanente com mais de 600 imagens que contam a história da região.
  • Sítio Burle Marx: história e natureza vivem juntos no Sítio Burle Marx, em Barra de Guaratiba, na zona oeste. A atração, projetada pelo paisagista onde vivia, conta com mais de 3.500 tipos de plantas. A visita é guiada por profissionais, que também mostram o ateliê de pinturas do artista e contam curiosidades sobre sua carreira.

Yoo2: No Yoo2, inaugurado em 2016 no bairro de Botafogo, o hóspede sente a energia do Rio de Janeiro a quase todo momento. A começar pela vista incrível para o Bondinho do Pão de Açúcar, presente na maioria das suítes. O hotel ainda oferece experiências exclusivas que fogem do roteiro turístico, como o passeio pelos principais ateliês da cidade guiado por um especialista em arte.

Belmond Copacabana Palace: Construído em 1923, esse símbolo de sofisticação e requinte com quase um século de história, é um dos hotéis mais importantes do Brasil. Em frente à belíssima praia de Copacabana e com 239 apartamentos, ele é famoso por receber celebridades internacionais que visitam a cidade do Rio de Janeiro.

Hotel Fasano: Na orla de Ipanema, seu projeto arquitetônico reverencia o espírito da arquitetura e do design brasileiro dos anos 1950 e 1960 e a Bossa Nova. Destaque para sua piscina de borda infinita, com vista ímpar para belas paisagens como Arpoador, Morro Dois Irmãos e Corcovado.

Ícone

Hotéis em Rio de Janeiro

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Belo Horizonte
Curitiba
Porto Alegre
Brasília

Compartilhe essa página com os amigos: