Melhores Destinos Smiles: Um pedacinho da França na cidade de Quebec

Quebec, a cidade mais francesa da América

A história da cidade de Quebec se confunde com a do Canadá. É uma das mais antigas do continente e se tornou o coração da França nas Américas. Os franceses dominaram toda a área a norte do Rio São Lourenço, até a região dos Grandes Lagos, e desceram pelo Vale do Rio Mississipi, até Nova Orleans.

Após a independência do Canadá, a ligação de Quebec com a França continuou a ser muito forte. É o centro político do “Canadá Francês” e possui um forte sentimento separatista. Em Quebec, se fala francês, apesar do país admitir os dois idiomas como oficiais. A maior parte da cidade de Quebec fica no alto de uma colina, de frente para a entrada do Rio São Lourenço, uma artéria vital para o transporte na América do Norte. Está dividida em Cidade Baixa e Cidade Alta.

A Cidade Baixa é a área mais antiga, porém, totalmente recuperada. Nas ruas existem inúmeras galerias de arte e lojas de artesanato e de objetos de decoração de muito bom gosto.

Na Cidade Alta, fica o Hotel Chateau Frontenac, na Place D’Armés. Jamais foi um castelo, sempre foi um hotel de luxo com vista para o Rio São Lourenço, que começou a ser construído no século XIX, mas a sua obra só foi concluída em 1983, quase 100 anos depois de inaugurada a primeira etapa. O que mais chama a atenção no hotel é o magnífico telhado de cobre verde, que se tornou o símbolo maior de Quebec.

A Rue du Tresor tem muitos artistas de rua e retratistas que fazem trabalhos na hora e tentam vender aos visitantes, como na praça de Montmartre em Paris.

O parlamento da Província de Quebec e o prédio da Assembleia Nacional fica logo depois dos muros da Cidade Alta. Todos os acalorados discursos e pronunciamento no Parlamento são feitos em francês.

Logo após o edifício da Assembleia Nacional, aparece o Parc des Champs-de-Bataille, onde o futuro do Canadá foi decidido no passado nos confrontos entre ingleses e franceses. Esse local era conhecido como Planície de Abraão e, hoje, é um grande parque urbano, com uma área de lazer para a população local.

Da Planície de Abrão se chega à Citadelle de Quebec, uma grande fortificação construída pelos franceses a partir de 1750 e mais tarde pelos ingleses, que concluíram a obra em 1831. O objetivo era proteger Quebec de um possível ataque norte-americano. A Citadelle é hoje a sede do lendário e heroico regimento franco-canadense Royal 22, apelidado de Van Doos, que teve uma participação decisiva na luta pela retomada dos campos franceses na Primeira Guerra Mundial. Hoje, a Citadelle ainda é um quartel militar ativo. Pode ser visitado, sempre acompanhado de um guia local e respeitando a rotina diária dos soldados.

Quando ir?

Quebec fica na costa leste do Canadá, possui clima temperado continental, com quatro estações bem definidas e inverno muito rigoroso, com um frio extremo. A melhor época para visitar a cidade é no verão, quando a cidade fica mais alegre, bonita e os dias são mais longos e animados. A primavera florida e o outono, quando as árvores adquirem folhas coloridas, são também ótimas opções para conhecer Quebec.

Como chegar?

Ícone

VOOS

A única cidade canadense que tem voo direto a partir do Brasil é Toronto, portanto, não existem voos do Brasil para Quebec, mas muitas companhias chegam a esse destino com apenas uma escala em uma grande cidade americana ou em Toronto. Para quem já está na costa leste do Canadá outras boas alternativas são seguir de trem, ônibus ou dirigindo em um carro alugado pelas excelentes estradas canadenses. O visto é obrigatório para quem vai ao Canadá e, hoje, pode ser obtido diretamente no site da embaixada. O passaporte precisa estar válido até a data de retorno. Caso haja uma conexão nos EUA, você precisa também do visto americano. Não é obrigatório o certificado de vacinas. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: as principais atrações turísticas de Quebec estão concentradas próximas ao centro antigo, podem e devem ser conhecidas a pé. Essa é a melhor forma de conhecer a cidade.
  • Place Royale: visite o local que, com arquitetura dos séculos XVIII e XIX, já foi o centro político de Quebec e, por isso, tem grande valor histórico. No centro da praça um busto de Luís XIV lembra a ligação com a França e as casas coloridas completam o charme do lugar.
  • Basílica de Notre Dame de Quebec: não deixe de conhecer a atração. Trata-se de uma magnífica catedral, sede do arcebispado da Igreja católica da cidade e a paróquia mais antiga da América do Norte, cuja diocese no passado se estendia até o México.

A Cidade Alta é um ótimo lugar para hospedagem. Procure ficar próximo do Terrasse Dufferin, do Châteu Frontenac e na rua Saint-Jean. Por lá, há diversas opções de bares e restaurantes. Ao se hospedar na Cidade Baixa, você terá fácil acesso ao transporte púbico e estará a uma curta distância da Cidade Alta.

Ícone

Hotéis em Quebec

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Cidade do México
Las Vegas
Nova Iorque
Chicago

Compartilhe essa página com os amigos: