Atenas é a capital e principal cidade da Grécia. Mesmo para aqueles que têm nas Ilhas Gregas o seu destino principal, passar por Atenas no início ou no final da viagem é uma obrigação. Possui cerca de 4 milhões de habitantes. Até bem pouco tempo era uma cidade caótica, poluída, difícil de circular e salva apenas pelas atrações históricas e arqueológicas que tinha.

Muita coisa mudou em Atenas após as reformas realizadas para que a cidade sediasse as Olimpíadas de 2004. Avenidas largas foram abertas, o sistema de metrô melhorou sensivelmente, a cidade está mais limpa e linda. O custo dessas reformas, porém, contribuiu para aumentar o endividamento do país e consequentemente agravar a atual crise econômica que a Grécia enfrenta.

Entre as obras de restauração feitas para as Olimpíadas de 2004, uma delas foi a recuperação do Estádio Panathinaiko, o antigo estádio onde foram realizados os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, em 1895. A construção está no mesmo local em que, na antiguidade, ficava o Estádio de Atenas onde aconteciam as competições atléticas dos Jogos Panatenáicos, os jogos olímpicos do passado.

A cidade é uma metrópole moderna, cosmopolita e com vida noturna intensa. Teatros, museus e sítios históricos fazem o enriquecimento cultural de Atenas. O movimento maior fica em torno do bairro histórico de Plaka, no centro da cidade. Ao lado do bairro de Plaka aparece a Ágora Antiga, o centro político e religioso da Atenas do passado e hoje um dos lugares mais visitados da cidade. O principal edifício de Ágora é a Stoa de Átalo. Um monumental edifício de dois andares erguido pelo rei Átalo de Pérgamo, em 159 a.c.. Foi reconstruído e hoje abriga um museu com achados de Ágora.

A principal atração turística de Atenas é a Acrópole. Um conjunto arquitetônico de grande valor histórico, localizado na parte mais alta da cidade que começou a ser construído por Péricles no século V a.c.. Acrópole é formada por três templos, dois teatros e um pórtico monumental na entrada.

O Odeon, ou Teatro de Herodes Ático, é maravilhoso. Possui uma acústica excepcional e ainda hoje é usado para concertos ao ar livre. A maior atração da Acrópole é o Partenon, o templo dedicado à Deusa Atena. Um dos edifícios mais famosos do mundo foi encomendado por Péricles e o trabalho de construção começou a ser executado em 447 a.c. O templo foi construído para abrigar uma impressionante estátua da Deusa Atena com 12m de altura, coberta de marfim e ouro. O Pórtico das Cariátides também faz parte do conjunto da Acrópole. São estátuas de mulheres que fazem o papel de colunas e formam um dos pórticos de entrada do Erectéion, o templo dedicado a Poseidon e Atena. Muitas das esculturas da Acrópole e do Partenon foram destruídas. Algumas delas, contudo, ainda podem ser admiradas.

Quando ir?

Atenas pode ser visitada em qualquer época do ano. Possui clima temperado mediterrâneo. É muito quente e seco durante o verão, portanto, quando caminhar pela cidade pode ser desagradável. O inverno não é tão frio, mas chove um pouco. As temperaturas mais amenas e as melhores épocas para visitar a cidade são a primavera, entre os meses de abril até meados de junho, e o outono, entre setembro e outubro.

Como chegar?

Ícone

VOOS

Voos com conexão partem dos principais aeroportos brasileiros com destino a Atenas. Se já estiver na Europa, há opção de navios, balsas ou ferry boats saindo da Itália e da Turquia. Brasileiros não precisam de visto nem de certificado de vacinas se a permanência for de até 90 dias. No entanto, o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: por reunir atrações turísticas muito próximas umas das outras, Atenas é uma cidade fácil de ser explorada a pé. O sistema de transporte é bem servido. O metrô possui linhas que levam o visitante aos principais pontos da cidade. O bondinho de sexta a domingo funciona por 24h. Os táxis, por possuir tarifas razoáveis, são uma boa opção para acessar lugares específicos e para locomoção de madrugada.
  • Viste: não deixe de conhecer Acrópole, um conjunto arquitetônico que carrega muita história. Ele é formado por três templos, dois teatros e um pórtico monumental na entrada.
  • Gastronomia: não deixe de comer a Spanakopita, massa recheada com espinafre e queijo feta, e o Souvlaki grego, prato feito com pedaços de carne (frango, carneiro ou carne de vaca) que acompanham pão pita, cebola, tomates assados e batatas fritas.

Em Atenas, tudo acontece no bairro histórico de Plaka, localizado no centro da cidade. Tavernas, restaurantes, lojas de antiguidades e artesanatos proliferam ali e ficam lotados à noite. Procure se hospedar nessa região se o desejo é aproveitar a agitação da cidade. Monastiraki, Psiri e Makriyianni são outras boas regiões para quem quer ficar hospedado próximo à Acrópole, principal atração da cidade.

Ícone

Hotéis em Atenas

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Boston
Cancún
Dubai
Miami

Compartilhe essa página com os amigos: