Tabela Coronavirus: Reembolso de passagens

Solicitação de cancelamento e reembolso de passagens com as companhias aéreas parceiras

Atualizado em 06 de julho de 2020.
Air Canada Air France Aeroméxico Aerolíneas Argentinas Alitalia Copa Airlines Delta Emirates Ethiopian Airlines Etihad Airways Korean Air KLM Passaredo Qatar Airways Royal Air Maroc South African Airways TAAG TAP Air Portugal Air Euroupa American Airlines
DESTINOS AFETADOS Qualquer destino Qualquer destino Qualquer destino Estados Unidos, Europa e Ásia Qualquer destino Qualquer destino Todos os destinos domésticos e internacionais operados pela Delta Destinos com restrição de viagem Voos operados pela Ethiopian, exceto voos domésticos Todos operados pela Etihad Qualquer destino Qualquer destino Qualquer destino Qualquer destino Somente voos internacionais Todos os destinos domésticos e internacionais operados pela South African Qualquer destino Para todas as rotas operadas pela TAP AIR PORTUGAL Todos os destinos domésticos e internacionais operados pela Air Europa Qualquer destino
BILHETES EMITIDOS ATÉ 30 de Junho de 2020 Não se aplica A política é válida para os bilhetes emitidos entre 01/03/2020 e 15/06/2020, desde que seus voos afetados estejam entre o período de 01/03/2020 até 30/04/2021 ou para todos os bilhetes comprados antes de março 2020, desde que os voos estejam dentro do período afetado, de 01/03/2020 até 30/06/2020 Até 25/04/2020 Bilhetes emitidos no Brasil até 31/12/2020 Passagens adquiridas até o 30 de junho de 2020 Válido para bilhetes emitidos até 17 de abril de 2020 Até 31/07/2020 Até 31/05/2020 Até 28/04/2020 Até 01/04/2020 Até 21/04/2020 Até 20/03/2020 Não se aplica Até 31/05/2020 Até 25/03/2020 Não se aplica Até 15/05/2020 De 04 de março a 30 de Abril. De 01/03/2020 a 30/06/2020
PERÍODO DE EMBARQUE Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020 Até 31/07/2020
RESTRIÇÃO DE ENTRADA NO PAÍS O Governo da Canadá determinou o fechamento de suas fronteiras, a partir de 18 de março de 2020, para a entrada de passageiros estrangeiros, exceto residentes permanentes e cidadãos norte-americanos. Rota Toronto -São Paulo suspensa temporáriamante de 29/03 a 31/05. Sem restrições Sem restrições Permitida a entrada na Argentina somente de passageiros Argentinos ou residentes na Argentina até 30/03/2020. Rota São Paulo - Roma suspensa de 02/04/2020 até 02/05/2020 Suspensão temporária de todos os voos internacionais das 00:00 do dia 23/03/2020 até 21/04/2020. Viajantes estrangeiros, de qualquer nacionalidade, que estiveram na Europa nos últimos 14 dias não poderão entrar nos EUA. Voos de/para o Brasil estão temporariamente suspensos. Voos suspensos a partir de 25/03/2020 Todos os passageiros que chegam à Etiópia depois das 00:10 da manhã em 23 de março de 2020, serão colocadas em quarentena obrigatória no Ethiopian Skylight Hotel por 14 dias às custas dos passageiros. Todos os voos suspensos por 14 dias a partir de 24/03/2020 Não se aplica Sem restrições Sem restrições A entrada no Estado do Catar será permitida apenas para nacionais do Catar, que deverão entrar em quarentena por um período de 14 dias. Os portadores de passaporte de outras nações não terão mais entrada permitida por um período de 14 dias, após o qual as restrições serão revisadas. De acordo com a decisão do Governo do Reino de Marrocos, a Royal Air Maroc anuncia a suspensão, até novo aviso, de todos os seus voos O governo sul-africano tomou a decisão de declarar um bloqueio nacional a partir de 26/03/2020. A South African Airways (SAA) anunciou que está suspendendo todos os vôos internacionais com efeito imediato até 31 de maio de 2020 Foi determinado pelo Governo da Republica da Angola, o fechamento do espaço aéreo do país, a partir de 00h00 de 20 de março de 2020, desta forma estão suspensas todas as operações até novas informações. Não se aplica Voos cancelados de/para Fortaleza, para/de Salvador da Bahia e para/de Recife de 01/04/20 a 30/04/20
Voos cancelados de/para Guarulhos de 26/03/20 a 30/04/20
Viajantes estrangeiros, de qualquer nacionalidade, que estiveram na Europa nos últimos 14 dias não poderão entrar nos EUA
PERMITIDO REMARCAÇÃO Não há cobrança por alteração de data, desde que seja feito com até duas horas de antecedência do voo. Você pode voar para o mesmo destino em uma data posterior ou mudar para um destino diferente com cobrança de diferença tarifária. Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine e classe tarifária. Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine paga anteriormente. Se houver uma diferença na tarifa entre o bilhete original e o novo itinerário, essa diferença deverá ser cobrada no momento da troca do bilhete (reemissão). A) Passageiros COM VOOS CANCELADOS (qualquer data) por motivos Covid-19 e SEM VOOS CANCELADOS com data original de viagem de 15 a 22 de março de 2020: 1- Sem cobrança de penalidade nem diferença de tarifa para viajar regressando até 30 de junho 2021 –exceto de 17 de dezembro 2020 a 17 de fevereiro de 2021 e de 31 de março de 2021 a 05 de abril de 2021- respeitando cabina original (*) 2- Sem cobrança de penalidade, pagando diferença de tarifa se houver, caso decidam voar entre 17 de dezembro de 2020 a 17 de fevereiro de 2021 e de 31 de março de 2021 a 05 de abril de 2021 (*).
B) Passageiros SEM VOOS CANCELADOS que queiram realizar uma mudança de data, com data original de viagem de 01 de junho a 31 de agosto 2020: Sem penalidade, pagando diferença de tarifa, se houver, para voar até 30 de junho de 2021 (*) (*)A mudança de data deve realizar-se antes de cumprido um ano da data de compra do bilhete. Regra válida para bilhetes desde/para Brasil em voos Regionais/Internacionais.
Sim, nas mesmas condições (destinos) que a reserva original e com nova data da viagem (data de embarque) até 31/12/2020. Reemissão sem penalidade na mesma classe de reserva que o bilhete original ou na primeira classe imediatamente superior disponível (sem a necessidade de cobrança de diferença tarifária), desde que na mesma cabine. Permitido alteração de data ou rota da sua viagem, isentando a taxa de alteração, mas pode-se aplicar diferença de tarifa. A Delta está aumentando a possibilidade de planejar, remarcar e viajar com a Delta por até dois anos. Os bilhetes normalmente expiram em um ano após a compra, mas estamos oferecendo abono da taxa de remarcação e maior flexibilidade para viagens até 31 de maio de 2022 para os seguintes clientes: Passageiros que tenham reservas emitidas até 14 de abril de 2020 para voar em abril, maio ou junho de 2020. Alterações e reemissões serão permitidas com isenção de multa de alteração e da diferença tarifária em qualquer classe de reserva dentro da mesma cabine. Se o cliente desejar alterar para outra região a multa de alteração não será cobrada, mas a diferença tarifária sim, se houver. Os bilhetes podem ser remarcados sem a incidência de qualquer taxa de remarcação ou multa, e caso haja diferença tarifária entre o valor da viagem original e do novo voo, esta será cobrada. Os bilhetes podem ser remarcados sem a incidência de qualquer taxa de remarcação ou multa, e caso haja diferença tarifária entre o valor da viagem original e do novo voo, esta será cobrada. Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine paga anteriormente. Se houver difererença tarifária essa deverá ser cobrada. Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine e classe tarifária. Os bilhetes podem ser remarcados 1 vez, sem custo, para qualquer outra data vigente a sua escolha, mantendo o trecho original Os bilhetes podem ser remarcados sem a incidência de qualquer taxa de remarcação ou multa, e caso haja diferença tarifária entre o valor da viagem original e do novo voo, esta será cobrada. A nova reserva deve ser feita na mesma classe do itinerário original. Somente 1 alteração sem custo para o mesmo destino e a mesma classe tarifária (diferença tarifária aplicável em caso de indisponibilidade da classe tarifária inicial ou devido a sazonalidade) Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine paga anteriormente. Se houver difererença tarifária essa deverá ser cobrada. Permissão de uma alteração de data, gratuita, dentro da validade do bilhete. Se as datas remarcadas ainda se enquadrarem nas restrições atuais, uma nova alteração será permitida. A remarcação pode ser feita a qualquer momento seguindo mesma origem e destino. Cobrança de diferença tarifária se houver mudança no trecho. Possibilidade de uma alteração (one free rebooking) sem penalidade - aplica-se diferença de tarifa e taxas de aeroporto, se houver Se a mesma tarifa estiver disponível, não será aplicado nenhum custo extra e a sua alteração será completamente gratuita. Você só terá que pagar a diferença na tarifa se a mesma tarifa não estiver disponível. Não há cobrança por alteração de data, desde que seja respeitado a mesma rota, cabine paga anteriormente. Se houver uma diferença na tarifa entre o bilhete original e o novo itinerário, essa diferença deverá ser cobrada no momento da troca do bilhete (reemissão).
NOVA VIAGEM ATÉ Viagem deve ser concluída até 24 meses da data do cancelamento do voo original. 30/11/2020 O bilhete pode ser reemitido até 30 de abril de 2021, porém deve-se sempre respeitar a validade do bilhete. Até 30 de Junho de 2021 31/12/2020 Novo itinerário deve ser completado antes do 31 de dezembro de 2021. A nova viagem deve ser concluída até 30 de setembro de 2022. Até 24 meses contados da data da reserva original. 31/12/2021 Até 31/08/2021 Dentro da validade do bilhete original
Obs. Somente bilhetes totalmente não utilizados podem ser remarcados até 28 de fevereiro de 2021, independentemente da validade do bilhete
Até 30/06/2021 Dentro da validade do bilhete original Dentro da validade do bilhete original Até 31/10/2020 Até 31/10/2020 Dentro da validade do bilhete A nova data de viagem terá de ter início até 28 de fevereiro de 2021. As novas datas de voo terão que cumprir a data de validade do bilhete original. Até 12 meses após a data de compra do bilhete A viagem deve ser concluída até 31 de dezembro de 2021
MULTA DE ALTERAÇÃO Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade para uma remarcação Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade Sem penalidade
PRAZO PARA REMARCAÇÃO Até 2 horas antes do voo original Até 30/09/2020 A mudança de data deve realizar-se antes de cumprido um ano da data de compra do bilhete A mudança de data deve realizar-se antes de cumprido um ano da data de compra do bilhete A reemissão do bilhete deve ser feita até 31 de dezembro de 2020, respeitando a validade do bilhete original, porém as reservas originais devem ser canceladas antes da data do voo, ou não terão a isenção para a remarcação. Não aplicável para bilhetes em estado no show, ou que foram deixados em estado aberto antes do dia 1 de fevereiro de 2020. Até 30 de setembro de 2020 A reemissão deverá ser feita até 12 meses da data da emissão original do bilhete Não se aplica Não se aplica 30/06/2020 Até 30/06/2021 Não se aplica Até 3 dias antes do voo original Até 72 horas antes do voo original Não se aplica Dentro da validade do bilhete A alteração deverá ser feita até 31 de dezembro de 2020 com até 24 horas antes da partida original Não se aplica Mesma data do voo
PERMITE REEMBOLSO INTEGRAL Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso total disponível para rotas Daegu (TAE). Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Os passageiros afetados por cancelamentos de voos ou restrições de viagem que reservaram podem solicitar o reembolso Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Para reembolsos, aplica-se a regulamentação tarifária. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias. Reembolso e cancelamentos se aplicam de acordo com as condições das regras tarifárias.

Informamos que os procedimentos mencionados nesta página são atualizados a todo momento, à medida que as companhias realizam ajustes em suas políticas. Em caso de dúvida sobre as regras, solicitamos que entre em contato com a Central de Atendimento Smiles.