• Regras e restrições para viagem internacional

     

CONFIRA AS RESTRIÇÕES DE ENTRADA NOS PAÍSES ABAIXO DURANTE ESTE PERÍODO DE PANDEMIA.

 

Atualmente viajar requer uma atenção redobrada, com diversas questões de extrema importância. Por exemplo, é necessário escolher bem a data de embarque, montar um roteiro que fuja de possíveis aglomerações e, principalmente, compreender quais são as novas regras para entrada e permanência nos mais diversos países do mundo.

Além disso, algumas companhias aéreas parceiras da Smiles também adotaram regras próprias antes, durante e depois dos voos.

Confira o que mudou e prepare-se para viajar com segurança e tranquilidade:

Parceiro Informações Observações
País sede da companhia aérea Panamá
Permite entrada de brasileiros? Sim - A partir de 9 de agosto de 2021,

1. Passageiros estrangeiros que tenham permanecido ou transitado em países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco (Países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco: Índia, Reino Unido, África do Sul, Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Suriname e Venezuela.) nos últimos 15 dias, que não possuam a carteira de vacinação, deverão fazer o teste adicional COVID-19 no aeroporto e cumprir a quarentena de 3 dias preventivo em hotel autorizado pela autoridade sanitária, a expensas do viajante.

2. Passageiros residentes ou estrangeiros com resultados positivos devem: o Cumprir com o isolamento obrigatório por 14 dias: No domicílio, para nacionais ou residentes, Ou em hotéis autorizados pela autoridade sanitária, à escolha e custo do viajante, para estrangeiros. o Realizar um teste COVID-19 RT-PCR para tipagem / análise por + ICGES o Repetir o teste do antígeno; se negativo, o resultado encerrará a quarentena e se for positivo, deve-se completar o isolamento de 14 dias.
Exige PCR negativo? A partir de 23 de julho de 2021,

1. Antes do embarque, todos os passageiros devem apresentar, de maneira física ou na tela de um equipamento digital, a Declaração de Saúde cadastrada no site https://www.panamadigital.gob.pa

2. Passageiros residentes ou estrangeiros que precedam, tenham permanecido ou viajado em países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco nos últimos 15 dias, serão exonerados da quarentena de 3 dias e do teste molecular adicional desde que tenham anexado na Declaração de Saúde os seguintes documentos: o PCR negativo ou teste de antígeno COVID-19, realizado 72 horas antes da chegada ao Panamá ou ao entrar no Aeroporto Internacional de Tocumen, cujo pagamento será de responsabilidade do próprio passageiro. o Cartão ou certificado digital do histórico vacinal completo endossado pela OMS, EMA e FDA, com no mínimo 14 dias após a aplicação da última dose exigida de acordo com o tipo de vacina. Os passageiros que não possuem o cartão de vacinação devem fazer o teste COVID-19 adicional na chegada ao Aeroporto Internacional de Tocumen e cumprir a quarentena preventiva de 3 dias de uma das seguintes formas: No domicílio, para nacionais ou residentes. Em Hotel-hospital para viajantes não COVID-19, conforme disponibilidade da autoridade de saúde, às custas do Estado do Panamá. Hotéis autorizados pela autoridade sanitária, à escolha e custo do viajante. Países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco: Índia, Reino Unido, África do Sul, Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Suriname e Venezuela.
Qual antecedência? 72 horas, vide detalhes ao lado.
Exige Questionário Eletrônico? Antes do embarque, todos os passageiros devem apresentar, de maneira física ou na tela de um equipamento digital, a Declaração de Saúde cadastrada no site
https://www.panamadigital.gob.pa
Para mais informações: https://www.copaair.com/pt/web/gs/atualizacoes-coronavirus
Site do Governo Local Não se aplica

As autoridades sanitárias da República do Panamá estabeleceram novas medidas para os nacionais, residentes ou estrangeiros que ingressem ao país. A partir de 23 de julho de 2021,

1. Antes do embarque, todos os passageiros devem apresentar, de maneira física ou na tela de um equipamento digital, a Declaração de Saúde cadastrada no site www.panamadigital.gob.pa

2. Passageiros residentes ou estrangeiros que precedam, tenham permanecido ou viajado em países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco nos últimos 15 dias, serão exonerados da quarentena de 3 dias e do teste molecular adicional desde que tenham anexado na Declaração de Saúde os seguintes documentos: o PCR negativo ou teste de antígeno COVID-19, realizado 72 horas antes da chegada ao Panamá ou ao entrar no Aeroporto Internacional de Tocumen, cujo pagamento será de responsabilidade do próprio passageiro. o Cartão ou certificado digital do histórico vacinal completo endossado pela OMS, EMA e FDA, com no mínimo 14 dias após a aplicação da última dose exigida de acordo com o tipo de vacina. Os passageiros que não possuem o cartão de vacinação devem fazer o teste COVID-19 adicional na chegada ao Aeroporto Internacional de Tocumen e cumprir a quarentena preventiva de 3 dias de uma das seguintes formas: No domicílio, para nacionais ou residentes. Em Hotel-hospital para viajantes não COVID-19, conforme disponibilidade da autoridade de saúde, às custas do Estado do Panamá. Hotéis autorizados pela autoridade sanitária, à escolha e custo do viajante. Países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco: Índia, Reino Unido, África do Sul, Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Suriname e Venezuela.

3. Passageiros residentes ou estrangeiros que vierem, tenham permanecido ou transitado em países identificados pela autoridade sanitária como não declarados de risco nos últimos 15 dias, ficarão isentos da quarentena de 3 dias e do teste molecular adicional quando apresentarem o teste PCR ou negativo Antígeno COVID-19, realizado 72 horas antes da chegada ao Panamá ou realizado ao entrar no Aeroporto Internacional de Tocumen, cujo pagamento será de responsabilidade do próprio passageiro.

A partir de 9 de agosto de 2021,

1. Passageiros estrangeiros procedentes que tenham permanecido ou transitado em países identificados pela autoridade sanitária como de alto risco nos últimos 15 dias, que não possuam a carteira de vacinação, deverão fazer o teste adicional COVID-19 no aeroporto e cumprir a quarentena de 3 dias preventivo em hotel autorizado pela autoridade sanitária, a expensas do viajante.

2. Passageiros residentes ou estrangeiros com resultados positivos devem: o Cumprir com o isolamento obrigatório por 14 dias: No domicílio, para nacionais ou residentes, Ou em hotéis autorizados pela autoridade sanitária, à escolha e custo do viajante, para estrangeiros. o Realizar um teste COVID-19 RT-PCR para tipagem / análise por + ICGES o Repetir o teste do antígeno; se negativo, o resultado encerrará a quarentena e se for positivo, deve-se completar o isolamento de 14 dias.

País sede da companhia aérea Estados Unidos
Permite entrada de brasileiros? Não. A menos que preencham as exceções.
Para mais detalhes, acesse
https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/from-other-countries.html
Exige PCR negativo? Sim. O teste é exigido para todos os passageiros (de todas as nacionalidades). A exceção se aplica a crianças com menos de 2 anos de idade.
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Sim. Acesse
https://go.daon.com/veriflyapp
Para mais informações: https://www.aa.com.br/i18n/travel-info/coronavirus-updates.jsp
Site do Governo Local https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/from-other-countries.html


A entrada ou tentativa de entrada nos Estados Unidos ficam suspensas por tempo indeterminado para imigrantes ou não imigrantes, não cidadãos que estavam fisicamente presentes na República Federativa do Brasil durante o período de 14 dias anteriores à sua entrada. Não se aplica a:
(i) qualquer residente permanente legal dos EUA;
(ii) qualquer cidadão ou não cidadão dos EUA;
(iii) qualquer não cidadão que seja cônjuge de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal;
(iv) qualquer não cidadão que seja pai ou responsável legal de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal, desde que o cidadão dos EUA ou residente permanente legal seja solteiro e tenha menos de 21 anos;
(v) qualquer não cidadão que seja irmão de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal, desde que ambos sejam solteiros e tenham menos de 21 anos.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para chegada.

Para conferir todas as exceções na íntegra, acesse https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/from-other-countries.html

País sede da companhia aérea México
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Um teste PCR com resultado COVID-19 negativo não é necessário para viajar dentro do México ou para o México.
Qual antecedência? Não se aplica
Exige Questionário Eletrônico? Não se aplica
Para mais informações: https://www.aeromexico.com/pt-br/rotas-e-comunicados-oficiais?_ga=2.228481822.2058481484.1614885006-1673320791.1614885006
Site do Governo Local https://guiadelviajero.sre.gob.mx/


Brasileiros podem entrar no México e não é necessária a realização de teste PCR.

A partir de 1º de abril de 2021 será cobrada uma nova taxa para turistas que visitarem destinos como Cancún, Tulum e Playa del Carmen. A taxa será de US$ 12 por pessoa e o O pagamento será obrigatório para todos os estrangeiros maiores de 15 anos.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

País sede da companhia aérea Catar
Permite entrada de brasileiros? Não
Exige PCR negativo? Sim. Os passageiros estão sujeitos ao teste na chegada. No momento do check-in, o passageiro deverá entregar uma cópia do teste PCR e assinar um formulário de consentimento. (Obs.: consentimente para quê?)
Qual antecedência? 48 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Não se aplica
Para mais informações: https://www.qatarairways.com/pt-br/visa-and-passport-requirements.html
Site do Governo Local Não se aplica


Brasileiros estão proibidos de entrar no Qatar até o presente momento.
Essa restrição não se aplica a:
A) Cônjuges ou filhos de nacionais do Qatar;
B) Cônjuges ou filhos de nacionais do Bahrain, Kuwait, Oman, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, porém estes devem viajar junto;
C) Não se aplica a trabalhadores domésticos do Bahrain, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. Eless devem estar acompanhados do patrocinador ou de algum parente de primeiro grau do patrocinador, com autorização de residência válida por pelo menos seis meses e passaporte válido por mais tempo do que a autorização de residência.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.


- O certificado de COVID negativo deve ser emitido por um centro de testes aprovado listado em https://covid19.moph.gov.qa/EN/Pages/Countries-Classified-Low-Risk-of-COVID-19.aspx
- Os passageiros estão sujeitos à quarentena em um hotel por 7 dias; detalhes podem ser encontrados em https://covid19.moph.gov.qa/EN/Pages/Qatar-Travel-Policyy.aspx
País sede da companhia aérea Emirados Árabes Unidos
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Sim. São dois testes: um para embarcar no Brasil e outro teste de PCR na chegada, no Aeroporto Internacional de Dubai.
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Não se aplica
Para mais informações: https://www.emirates.com/br/portuguese/help/covid-19/dubai-travel-requirements/tourists/
Site do Governo Local Não se aplica


A partir de 1º de março de 2021, todos os passageiros que partem de São Paulo para Dubai devem apresentar um certificado de exame negativo para COVID-19 que tenha sido realizado no máximo 72h antes da partida.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

- Crianças menores de 12 anos e passageiros com alguma deficiência moderada ou grave não precisam fazer o teste de PCR para COVID-19
- Os passageiros devem trazer um atestado oficial impresso, em inglês ou árabe, para fazer o check-in – SMSs e atestados digitais não são aceitos. Atestados de PCR em outros idiomas serão aceitos se puderem ser validados na estação de origem.
- Se o resultado do teste for positivo, você deverá passar por um período de isolamento e seguir as diretrizes da Autoridade de Saúde de Dubai.
- Você também deve fazer o download do aplicativo COVID19 – DXB Smart App
País sede da companhia aérea Espanha
Permite entrada de brasileiros? ¿Sim, desde 24/08/21. Apresentar certificado de vacinação (mínimo 14 dias da última dose da vacina). Vacinas que são aceitas: PfizerBiontech, Moderna, Astra-Zeneca, Jansen/Johnson&Johnson, Sinovac/Coronavac e Sinopharm. Necessário apresentar certificado que comprove a vacina - Os certificados deverão estar em espanhol, inglês, francês ou alemão.
Exige PCR negativo? ¿Aqueles que não estejam vacinados e que estejam dentro de alguma das outras categorias deverão apresentar Teste negativo de Covid-19 realizado 72 horas antes da chegada a Espanha ou teste de antígenos realizado 48 horas antes da chegada ou certificado de recuperação (máximo 180 dias a partir da data da toma da amostra).
Qual antecedência? 72 horas antes da chegada a Espanha.
Exige Questionário Eletrônico? Sim, Spain Travel Helth Spain Travel Health disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos para celulares iOS e Android.
Para mais informações: https://www.aireuropa.com/es/pt/aea/normativa-para-viajar/es.html#acordeon_espana1
Site do Governo Local http://www.spth.gob.es/

Para maiores informações acesse o site da embaixada da Espanha em Brasília: Flexibilização das condições de entrada na Espanha

País sede da companhia aérea Etiópia
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Não se aplica
Para mais informações: https://www.ethiopianairlines.com/aa/travel-updates/updates-on-covid-19(coronavirus)
Site do Governo Local Não se aplica


Brasileiros podem entrar na Etiópia, desde que realizem teste PCR e que o resultado seja negativo.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.


- Crianças menores de 10 anos são isentas do teste de Covid;
- Não é necessário teste na chegada em Addis Ababa;
- Todos os titulares de passaportes diplomáticos e de serviço (incluindo Nações Unidas e União Africana) incluindo seus familiares imediatos, são aconselhados – mas não são obrigados – a ter um certificado de teste PCR Covid-19 negativo antes de chegar à Etiópia. No entanto, qualquer portador de passaporte diplomático e de serviço, incluindo seus familiares imediatos, que chegue à Etiópia sem resultado do teste PCR Covid-19 negativo é obrigado a permanecer em quarentena por quatorze (14) dias, em casa.
País sede da companhia aérea França
Permite entrada de brasileiros? ¿Sim - Desde que estejam totalmente vacinados com um dos imunizantes aprovados pelas autoridades francesas até o momento. Para isso, os clientes deverão apresentar, no momento do check-in no aeroporto, o comprovante de imunização (físico ou digital) emitido pelos postos de saúde de todo o Brasil ou demais locais autorizados. Passageiros que apresentem um certificado de vacinação Covid-19 demonstrando que pelo menos 28 dias se passaram desde a primeira dose da vacina Janssen ou 7 dias se passaram desde a segunda dose da PfizerBiontech, Vacina AstraZeneca, Covishield, Moderna, R-Covi (R-Pharm) ou "Vacina Covid-19" (Fiocruz) ou 7 dias desde a primeira dose dessas vacinas se o passageiro tiver provas de que já foram infectados com Covid-19, e menores acompanhando um ou mais passageiros adultos vacinados.
Exige PCR negativo? Não, desde que o passageiro atenda os requisitos de vacina acima. Os passageiros com 12 anos ou mais devem realizar um resultado negativo de um exame biológico de triagem virológica, ou um resultado negativo de um teste biológico que permita a detecção da proteína N de SARS-COV-2, onde o teste é realizado menos de 48 horas antes do embarque. Os tipos aceitos de testes para um exame biológico de triagem virológica são: RT-PCR, PCR, qRT-PCR, qPCR, RT-LAMP, LAMP, Detecção de RNA, TMA, antigênico com detecção da proteína N. Não são aceitos testes sorológicos rápidos, teste sorológico, sorologia, detecção de anticorpos, anticorpos e IgG/IgM. Observe que os resultados negativos dos testes emitidos pelo Serviço Nacional de Saúde (NHS) no Reino Unido ou pelo HSE (Irish Health Service) na Irlanda não são aceitos para viagens.
Qual antecedência? 48 horas antes do embarque.
Exige Questionário Eletrônico? https://www.interieur.gouv.fr/Actualites/L-actu-du-Ministere/Attestation-de-deplacement-et-de-voyage
Para mais informações: https://airfrance.traveldoc.aero/
Site do Governo Local https://www.interieur.gouv.fr/Actualites/L-actu-du-Ministere/Attestation-de-deplacement-et-de-voyage

Mais detalhes sobre a entrada de passageiros totalmente imunizados na França viajando com a Air France podem ser encontrados no https://airfrance.traveldoc.aero/

País sede da companhia aérea Argentina
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Sim
https://www.aerolineas.com.ar/pt-br/landingsespeciales/landings/916_voos-internacionaishttp://ddjj.migraciones.gob.ar/app/
Para mais informações: https://www.aerolineas.com.ar/pt-br/landingsespeciales/landings/784_prontos-para-cuida-lohttps://www.aerolineas.com.ar/pt-br/landingsespeciales/landings/916_voos-internacionais
Site do Governo Local https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones

A partir do dia 19/out/21 os turistas brasileiros precisará preencher uma declaração juramentada na qual indicará o esquema de vacinação completo com, no mínimo, 14 dias de intervalo desde a segunda dose. Todas as vacinas são aceitas.

O exame PCR negativo feito nas 72 horas prévias ao embarque permanece obrigatório, além disso, o turista precisará fazer um novo PCR entre o 5º e o 7º dia se permanecer no país por mais de cinco dias. Essas exigências isentam o viajante de uma quarentena obrigatória.

Quem não tiver um esquema completo de vacinação, inclusive os menores a partir de 6 anos de idade, poderá entrar na Argentina, mas terá de passar uma semana de isolamento, além do teste de antígeno ao aterrissar.

Em todos os casos, será necessária uma cobertura de saúde internacional para Covid-19.

Para maiores informações: https://www.aerolineas.com.ar/pt-br/landingsespeciales/landings/784_prontos-para-cuida-lo - https://www.aerolineas.com.ar/pt-br/landingsespeciales/landings/916_voos-internacionais - https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones

Site do Governo local: https://dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/170591693/details/normal?q=8652-C/2021

País sede da companhia aérea Holanda (Países Baixos)
Permite entrada de brasileiros? Não
Exige PCR negativo? Não se aplica
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Não se aplica
Para mais informações: https://klm.traveldoc.aero/
Site do Governo Local https://www.government.nl/topics/coronavirus-covid-19/visiting-the-netherlands-from-abroad


A entrada de brasileiros na Holanda não está permitida.
Exceto nacionais e residentes da União Europeia ou do Espaço Schengen e seus familiares. Além disso, os residentes não holandeses devem provar que a Holanda não é seu destino final;
residentes da Austrália, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Ruanda, Cingapura ou Tailândia; profissionais da área da saúde, que viaja por motivos necessários no interesse da saúde pública e dos pacientes.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

Para mais informações acesse
https://klm.traveldoc.aero/

País sede da companhia aérea Itália
Permite entrada de brasileiros? Não
Exige PCR negativo? Não se aplica
Qual antecedência? Não se aplica
Exige Questionário Eletrônico? Sim
Versão em inglês: https://www.alitalia.com/content/dam/alitalia/files/PT/Return-From-Abroad-from-140121-ENG.pdf#

Versão em italiano: https://www.alitalia.com/content/dam/alitalia/files/PT/autocertificazione140121ita.PDF#"
Para mais informações: https://www.alitalia.com/pt_br/fly-alitalia/news-and-activities/news/info-flights.html
Site do Governo Local http://www.viaggiaresicuri.it/


A entrada de brasileiros não está permitida na Itália, exceto:
Italianos ou residentes;
Passageiros viajando a negócios;
Passageiros que viajam por emergências médicas;
Profissionais de saúde em serviço;
Passageiros que viajam por motivos de emergência;
Passageiros que retornam aos seus países de residência via Itália.
É permitido entrar passageiros com nacionalidade europeia ou residentes europeus, sem a necessidade de quarentena.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

Para mais informações acesse
http://www.viaggiaresicuri.it/

País sede da companhia aérea Portugal
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? O teste molecular PCR deve ser emitido até 72 horas antes do embarque. Já o teste rápido de antígeno precisa ter no máximo 48 horas de antecedência.
Exige Questionário Eletrônico? https://portugalcleanandsafe.pt/pt-pt/passenger-locator-card
Para mais informações: https://www.flytap.com/pt-br/restricoes-de-viagem?accordionid=37cff56d-7f30-4bdc-9638-33f9ee4f6c07

https://www.flytap.com/pt-br/ultimas-atualizacoes
Site do Governo Local Não se aplica


O resultado do teste poderá ser exigido no momento do check-in e despacho de bagagem, no momento do embarque e no balcão de imigração em Portugal. Se você é vacinado, recomenda-se que leve consigo o comprovante de vacinação. Visitantes vacinados na União Europeia que possuem o certificado digital aceito pelo continente estão isentos da apresentação do teste.

Passageiros de voos de países cuja situação epidemiológica esteja de acordo com a Recomendação (UE) 2020/1551, do Conselho, de 22 de outubro de 2020.

Passageiros de voos de países que não integram a União Europeia ou que não sejam países associados ao Espaço Schengen, exclusivamente para viagens essenciais.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

Para mais informações, acesse
https://www.flytap.com/pt-br/alertas-e-informacoes

Site do Governo local:
https://dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/170591693/details/normal?q=8652-C/2021

País sede da companhia aérea Colômbia
Permite entrada de brasileiros? Sim
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? 96 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? https://apps.migracioncolombia.gov.co/pre-registro/public/preregistro.jsf
Para mais informações: https://www.avianca.com/br/pt/experiencia/avianca-biocare/#medidaspos
Site do Governo Local https://www.migracioncolombia.gov.co/


Brasileiros podem entrar na Colômbia.
Todos os passageiros de vôos internacionais, tanto entrando como saindo da Colômbia, são lembrados que devem preencher o formulário de pré-cheque de migração, disponível na aplicação Check-Mig ou no site Migración Colombia. o passageiro não deve se apresentar no aeroporto, nem viajar, se apresentar sintomas associados à Covid-19, se tiver tido contato próximo com um caso positivo de Covid-19 ou se tiver sido diagnosticado positivo para a Covid-19 nos últimos 14 dias.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

Para mais informações, acesse https://colombia.travel/es/informacion-covid-19

País sede da companhia aérea Canadá
Permite entrada de brasileiros? Sim, a partir de 07 de setembro o país vai reabrir as suas fronteiras para viajantes internacionais totalmente vacinados. Por enquanto, serão aceitos os imunizantes aprovados pelo país - Pfizer/BioNTech, Moderna, AstraZeneca/Oxford e Janssen. A Coronavac, uma das vacinas que está sendo aplicada no Brasil, ainda não consta nesta lista.
Exige PCR negativo? Viajantes totalmente vacinados não precisarão de um teste pós-chegada, a menos que sejam selecionados aleatoriamente para completar um teste molecular de Covid-19. Quem cumprir os protocolos, estará liberado da quarentena de 14 dias. Não há mudanças nos requisitos de testes obrigatórios para viajantes não vacinados.
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? Outra exigência, é que o viajante anexe os seus dados de saúde no ArriveCAN (aplicativo ou portal), para apresentar às autoridades canadenses no desembarque no país.
Para mais informações: https://www.canada.ca/en/public-health/news/2021/07/government-of-canada-announces-easing-of-border-measures-for-fully-vaccinated-travellers.html
Site do Governo Local https://travel.gc.ca/travel-covid


No dia 19 de julho o Governo do Canadá anunciou que, se a situação epidemiológica doméstica permanecer favorável, no dia 07 de setembro o país vai reabrir as suas fronteiras para viajantes internacionais totalmente vacinados – os brasileiros estão incluídos. O comprovante de vacinação deve ser apresentado em inglês ou em francês, e a vacina deve atender aos requisitos de entrada específicos. Além disso, a última dose deve ter sido aplicada com pelo menos 14 dias antes da chegada ao Canadá.

Por enquanto, serão aceitos os imunizantes aprovados pelo país - Pfizer/BioNTech, Moderna, AstraZeneca/Oxford e Janssen. A Coronavac, uma das vacinas que está sendo aplicada no Brasil, ainda não consta nesta lista.

Como uma primeira etapa, a partir de 9 de agosto de 2021, o Canadá vai permitir a entrada de cidadãos americanos e residentes permanentes, que atualmente residem nos Estados Unidos – as regras são as mesmas dos viajantes internacionais. Esta etapa preliminar permite que o governo do Canadá operacionalize totalmente as medidas de fronteira que serão ajustadas antes do dia 07 de setembro de 2021.

Outra exigência, é que o viajante anexe os seus dados de saúde no ArriveCAN (aplicativo ou portal), para apresentar às autoridades canadenses no desembarque no país. É preciso incluir ainda o resultado negativo de um teste de Covid-19, realizado com no máximo 72 horas antes da viagem.

Viajantes totalmente vacinados não precisarão de um teste pós-chegada, a menos que sejam selecionados aleatoriamente para completar um teste molecular de Covid-19. Quem cumprir os protocolos, estará liberado da quarentena de 14 dias. Não há mudanças nos requisitos de testes obrigatórios para viajantes não vacinados.

https://www.canada.ca/en/public-health/news/2021/07/government-of-canada-announces-easing-of-border-measures-for-fully-vaccinated-travellers.html

País sede da companhia aérea Estados Unidos
Permite entrada de brasileiros? Não. A menos que contemplem as exceções.
Para mais detalhes, acesse:
https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/from-other-countries.html
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? https://travel.state.gov/content/travel/en/traveladvisories/ea/covid-19-information.html
Para mais informações: https://pt.delta.com/content/www/br/pt/plan-your-next-trip/where-we-fly.html

https://pt.delta.com/content/www/br/pt/travel-update-center/overview.html

https://pt.delta.com/content/www/br/pt/travel-update-center/flying-what-you-need-to-know/us-entry-requirements.html
Site do Governo Local https://travel.state.gov/content/travel/en/News/visas-news/presidential-proclamation-coronavirus.html


A entrada nos Estados Unidos, como imigrantes ou não imigrantes, de não cidadãos que estavam fisicamente presentes na República Federativa do Brasil durante o período de 14 dias anterior à sua entrada ou tentativa de entrada nos Estados Unidos fica suspensa por tempo indeterminado.
Não se aplica a:
(i) qualquer residente permanente legal dos EUA;
(ii) qualquer cidadão ou não cidadão dos EUA;
(iii) qualquer não cidadão que seja cônjuge de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal;
(iv) qualquer não cidadão que seja pai ou responsável legal de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal, desde que o cidadão dos EUA ou residente permanente legal seja solteiro e tenha menos de 21 anos;
(v) qualquer não cidadão que seja irmão de um cidadão dos EUA ou residente permanente legal, desde que ambos sejam solteiros e tenham menos de 21 anos;

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

Para conferir todas as exceções na íntegra, acesse https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/from-other-countries.html


- Crianças com menos de 2 anos não precisam do teste
- Mais detalhes sobre o teste de Covid-19: https://www.cdc.gov/quarantine/fr-proof-negative-test.html
País sede da companhia aérea Espanha
Permite entrada de brasileiros? Sim, desde 24/08/21. Apresentar certificado de vacinação (mínimo 14 dias da última dose da vacina). Vacinas que são aceitas: PfizerBiontech, Moderna, Astra-Zeneca, Jansen/Johnson&Johnson, Sinovac/Coronavac e Sinopharm. Necessário apresentar certificado que comprove a vacina - Os certificados deverão estar em espanhol, inglês, francês ou alemão.
Exige PCR negativo? ¿Aqueles que não estejam vacinados e que estejam dentro de alguma das outras categorias deverão apresentar Teste negativo de Covid-19 realizado 72 horas antes da chegada a Espanha ou teste de antígenos realizado 48 horas antes da chegada ou certificado de recuperação (máximo 180 dias a partir da data da toma da amostra).
Qual antecedência? ¿72 horas antes da chegada a Espanha.
Exige Questionário Eletrônico? ¿Sim, Spain Travel Helth Spain Travel Health disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos para celulares iOS e Android.
Para mais informações: https://www.iberia.com/br/pt/covid-19/country-access-and-exit-regulations/
Site do Governo Local https://www.mscbs.gob.es/en/profesionales/saludPublica/ccayes/alertasActual/nCov/estrategia/medidasPrevCCAA.htm

Para maiores informações acesse o site da embaixada da Espanha em Brasília: Flexibilização das condições de entrada na Espanha

País sede da companhia aérea Inglaterra
Permite entrada de brasileiros? Não
Exige PCR negativo? Sim
Qual antecedência? 72 horas antes do voo.
Exige Questionário Eletrônico? https://www.gov.uk/provide-journey-contact-details-before-travel-uk
Para mais informações: https://www.britishairways.com/pt-br/information/incident/coronavirus/covid19-tests
Site do Governo Local https://www.gov.uk/guidance/coronavirus-covid-19-declaration-form-for-international-travel


A entrada de brasileiros na Inglaterra não está permitida.
Exceto se for um cidadão britânico ou irlandês, ou se tiver direitos de residência no Reino Unido. Será necessário cumprir quarentena em um hotel aprovado pelo governo, durante 10 dias.

Em caso de voo com conexão em outros países, o passageiro deverá observar as regras locais para entrada.

 

Para saber mais sobre todas as regras de entrada dos países, acesse https://www.iatatravelcentre.com/world.php

Importante saber:
Em casos de voos internacionais, toda a documentação necessária para realização do desembarque no país de escala/destino é de responsabilidade exclusiva do passageiro e deve ser verificada e levantada antes da realização do embarque, de acordo com as políticas, restrições e determinações de cada país (tanto de origem, quanto de destino e nos países de escala ou conexão).