• Paraísos da natureza que brilham no Brasil

     
     
 
Seus olhos vão brilhar com os encantos da flora e fauna brasileiras.
Nós amamos conhecer o mundo e culturas diferentes, mas não podemos esquecer que dentro do Brasil existem lugares deslumbrantes. Nosso país possui uma rica biodiversidade com praias, florestas, dunas, cachoeiras, rios e fauna e flora riquíssimas.

Fizemos uma lista com seis lugares que possuem uma natureza de tirar o fôlego. Não deixe de aproveitar as maravilhas naturais que existem em nosso país.

FLORIANÓPOLIS – SANTA CATARINA

Conhecida como a Ilha da Magia, a capital de Santa Catarina é uma grande ilhota com praias incríveis e paisagens de tirar o fôlego. É o combo ideal para tirar férias: uma cidade recheada de praias para quem gosta de sossego e muita badalação noturna para quem é mais festeiro.

Com infraestrutura de cidade grande e sensação de tranquilidade, Florianópolis possui 42 praias lindíssimas, incluindo a mais famosa de todas: Jurerê Internacional.

As mais conhecidas por lá são: Praia Mole, Praia da Joaquina, Praia Brava, Praia da Galheta, Praia do Santinho, Praia do Campeche e a Lagoinha. O mais legal é que cada uma possui sua característica e perfil para diferentes tipos de pessoas.

Além das praias encantadoras, a cidade também apresenta suas dunas, lagoas, trilhas e restaurantes deliciosos. Não deixe de conhecer o Mercado Público, caminhar pela Avenida Beira-Mar Norte, visitar o Mirante do Morro da Cruz, conhecer o Projeto Tamar, as dunas da Joaquina e passear de barco até a Costa da Lagoa.

Durante o verão, Florianópolis é muito cheio. O mês mais recomendado é Maio, que possui dias ensolarados, noites frescas, praias vazias e é livre de trânsito. De junho a agosto é frio, você não irá aproveitar muito. Já de setembro a novembro o tempo volta a esquentar um pouco, mas o tempo é bastante imprevisível e com chuva nessa época.

O Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz, localizado na região sul da ilha, fica a aproximadamente 12 km do centro da cidade.

 

JERICOACOARA - MACEIÓ

Se você está em busca de um clima tranquilo e rústico, de redes nas lagoas, águas cristalinas e passeios de buggy por dunas, não deixe de conhecer Jericoacoara, no Ceará, um dos destinos mais encantadores do Brasil.

O município está entre as dez praias mais bonitas do mundo, conhecido por seus pontos turísticos e atrações principais.

Não deixe de conhecer a Duna do Pôr do Sol, realizar um passeio de quadriciclo e de buggy até Tatajuba, conhecer a Lagoa do Paraíso, Lagoa Azul, Pedra Furada, Árvore da Preguiça, a Praia do Preá e o restaurante mais famoso da região: Alchymist Beach Club.

Para chegar em Jericoacoara é preciso pagar a Taxa de Turismo Sustentável. O valor é de R$ 5 por dia de permanência. Depois que você realiza o pagamento, recebe um formulário que precisa ser apresentado na entrada do local onde você estiver hospedado e na saída também.

De janeiro a junho faz muito sol por lá, mas também é uma época de muita chuva. A partir de agosto as chuvas diminuem, mas é um período muito procurado por estrangeiros por conta das férias europeias, então os preços ficam um pouco mais salgados.

O aeroporto mais próximo é o Regional de Jericoacoara – Comandante Ariston Pessoa, que fica a aproximadamente 32 km de Jeri e 12 km de Jijoca.

 

FOZ DO IGUAÇÚ - PARANÁ

Com uma população de 250 mil habitantes, Foz do Iguaçu atrai pessoas do mundo todo. Por lá você vai encontrar muitos turistas, incluindo os estrangeiros. A cidade de Foz chama atenção pela sua beleza única, a harmonia de culturas, crenças, costumes e tradições. É conhecida por todos pelas Cataratas do Iguaçu e pela Itaipu Binacional.

Fazendo fronteira com o Paraguai e a Argentina, juntos oferecem um conjunto de atrações e curiosidades que desperta o interesse de muita gente. Suas cachoeiras são a maior atração. Por lá você pode fazer trilhas nas cataratas e caminhar pelas passarelas construídas ao longo das cachoeiras. Com 275 quedas d’água, chegando a medir 90 metros de altura, as Cataratas do Iguaçu apresentam um espetáculo de águas e biodiversidade.

A cidade está localizada na região Sul e apesar disso costuma ter verões intensos, ótimo para quem gosta de praticar os esportes radicais que as cachoeiras oferecem. Os invernos são bem rigorosos em julho e agosto, com muitas opções de festivais de buffet de sopas, fondues e cafés. Então é muito pessoal a escolha da melhor época para visitar a cidade. Tudo depende da sua estação preferida.

Além das cataratas, vá ao Marco das Três Fronteiras de Foz, visite o Vale dos Dinossauros, o Museu de Cera Dreamland, a Mesquita Omar Ibn Al-Khatab, o Templo Budista, o Parque das Aves, conheça as instalações da Itaipu Binacional e faça um passeio no Macuco Safari.

Existe uma grande quantidade de voos domésticos para a cidade com destino ao Aeroporto de Foz do Iguaçu, o que torna fácil o acesso.

 

FERNANDO DE NORONHA - PERNAMBUCO

Quer conhecer a melhor praia do mundo? Vá para Fernando de Noronha, em Pernambuco. O arquipélago possui o mais belo conjunto de praias do Brasil e por lá você encontra paisagens surreais, tartarugas gigantes e golfinhos.

Mesmo nsendo pequena, com apenas 17 quilômetros quadrados, a ilha proporciona momentos inesquecíveis. Não deixe de fazer as caminhadas de bike, surf, passeios de barco, de buggy e o mergulho de cilindro. Você também pode mergulhar com tartarugas marinhas, navegar ao lado de golfinhos e observar o pôr do sol nas praias do Cachorro, do Meio ou do Mirante do Boldró. Além disso, você não pode deixar de visitar a Baía do Sancho, dos Porcos e a Praia do Leão.

Cada lugar mais lindo que o outro!

Os produtos disponíveis na ilha vêm do continente, o que encarece os serviços, então é necessário se programar para conhecer Fernando de Noronha. A maioria das pousadas possui o preço alto e a culinária também.

Fora isso, existe a taxa de permanência e a taxa ambiental: paga-se uma vez um ingresso de R$ 106 pelo acesso, durante 10 dias, para as praias do Parque Nacional Marinho + a taxa de preservação ambiental por dia de permanência: um dia custa por volta de R$ 71 e sete dias saem por volta de R$ 450, tudo isso por pessoa.

Apesar das chuvas serem mais frequentes entre março e agosto, ir para Noronha nessa época fica um pouco mais em conta, os preços não são tão altos nessa época quanto na alta temporada.

O acesso ao arquipélago é normalmente feito por avião, a partir das cidades de Natal ou Recife, que levam aproximadamente 1h20 até a ilha.

 

AMAZONAS - MANAUS

Conhecida por ser o maior bioma do mundo, a Amazônia possui várias portas de entrada que proporcionam experiências incríveis com a natureza. Considerada uma das Setes Novas Maravilhas da Natureza, a floresta abriga o mais rico ecossistema do mundo.

O segundo rio mais extenso do planeta Terra é o Rio Amazonas. Marcado pelo fenômeno da Pororoca, que consiste na formação de ondas vindas do encontro das águas do rio com o Oceano Atlântico, o evento natural acontece, principalmente, em outubro. Além disso, o encontro do Rio Negro com o Rio Solimões proporciona uma linda imagem da natureza, porque possuem águas com cores diferentes.

É possível desbravar as belezas naturais dessa região em uma viagem através do Rio Amazonas pelos cruzeiros, que incluem, normalmente, hospedagem, alimentação, excursões e guias. Um dos mais conhecidos é o Iberostar Grand Amazon.

De dezembro até maio, a região Norte é bem chuvosa e por isso os barcos podem percorrer trajetos maiores e os deslocamentos são mais fáceis. Já no período da seca, que vai de julho a novembro, é ideal para aproveitar as praias fluviais.

O Aeroporto Internacional de Manaus – AM Eduardo Gomes é o mais próximo para a chegada.

 

BONITO – MATO GROSSO DO SUL

Dubrovnik é uma cidade incomparável com qualquer outra de qualquer canto da Europa. O que existe lá só existe lá. É única porque é mágica e alegre, e porque tem as paisagens mais bonitas da região.

O que mais encanta é o centro medieval rodeado por muralhas. Um terremoto em 1667 danificou algumas construções, mas ainda assim a cidade conseguiu preservar monumentos, igrejas e palácios, que podem ter estilo gótico, renascentista ou barroco.

Você se sentirá em um filme. É possível ficar em hotéis pelas escadarias da cidade murada e descer todos os dias para encontrar lojas, restaurantes e construções lindas.

No fim de tarde, o passeio perfeito é andar pela muralha que cerca a parte mais antiga de Dubrovnik. A vista lá de cima é incrível.

No fim do dia, começa tudo de novo, o piso branco salta aos olhos diante das luzes amarelas dos postes. Há restaurantes escondidos, onde você pode jantar diante da imensidão do mar sob um luar sem igual.

Nos anos 90, durante um conflito armado na região, a cidade foi bombardeada e quase 70% foi danificado, mas a UNESCO coordenou uma grande restauração depois disso. Quanto às praias, não há como negar que possuem grande beleza. A mais famosa é a de Banje, que fica ao lado da cidade antiga. As melhores, entretanto, ficam nas ilhas, sendo acessíveis através do passeio de barco.

Dubrovnik fica no sul da Croácia, mas é possível voar para a cidade. Saindo do Brasil, você pode ir de KLM, e se quiser, aproveitar uns dias em Amsterdã. Ou de Air France, e de repente passar uma noite em Paris.