Melhores Destinos Smiles: St Marteen, o luxo do Caribe

Sint Maaten e Saint Martin, um destino sofisticado no caribe

O arquipélago das Antilhas forma um grande conjunto de ilhas. Na realidade, são picos elevados de uma cordilheira de montanhas submarina, que em alguns momentos ficam fora d’água.

As montanhas atravessam a maioria das ilhas no sentido longitudinal, criando uma barreira de relevo que influencia diretamente no clima, na vida das pessoas e no turismo da região.

As ilhas são atingidas o ano inteiro pelos ventos alísios de nordeste. Parte delas sofre mais impacto dos ventos, criando um ambiente propício para a prática do surf e de esportes náuticos que se beneficiam do vento: kite surf, wind surf, barcos a vela, etc. A outra parte fica protegida e, por isso, tem praias com águas mais calmas e são mais propícias à prática de snorkeling e mergulho com garrafa. O clima é quente o ano inteiro com características tropicais.

A ilha de Saint Martin (São Martinho) é um dos lugares mais exclusivos do Caribe e das Antilhas. As suas baías e marinas estão repletas de veleiros e iates luxuosos de milionários do mundo inteiro. A ilha é pequena, mas mesmo assim está dividida em duas possessões. É o menor território contínuo do mundo governado por dois países diferentes. Uma parte pertence à Holanda, a Sint Maarten, e a outra pertence à França, a Saint Martin. Essa divisão já foi motivo de conflitos e guerras entre as duas nações europeias. Hoje, os moradores das ilhas convivem com essa realidade.

Não existe fronteira formal nem controle de documentos entre as duas partes. Em uma metade, o idioma oficial é o francês e a moeda o Euro. Já na outra, o idioma oficial é o holandês e a moeda o dólar americano. Em ambas, porém, falam-se vários idiomas, característica de todo o Caribe, uma das áreas mais cosmopolitas do planeta.

Philipsburg é a capital de Sint Maarten (o lado holandês), é maior, mais charmosa e mais rica que Marigot, a capital de Saint Martin (o lado francês). É em Sint Maarten que fica o principal porto de Cruzeiros e o Aeroporto Internacional Princess Juliana, que, aliás, é uma das atrações da ilha. O Aeroporto é considerado um dos mais perigosos do mundo, fica ao lado da Maho Beach e a cabeceira da pista de pouso e decolagem fica bem ao lado da praia. Todos os turistas que vão às ilhas passam por lá para ver a “adrenalina” que acontece quando os aviões se aproximam da pista e passam a poucos metros dos banhistas.

A ilha foi atingida em cheio pelo furacão Irma em setembro de 2017 e boa parte da sua estrutura foi destruída. O trabalho de reconstrução tem sido muito eficaz e alguns navios de cruzeiro já voltaram ao destino desde dezembro daquele mesmo ano.

Quando ir?

O clima em St. Maarten é tropical úmido com sol e calor o ano inteiro. Chove um pouco menos no período que vai de dezembro a abril, a alta temporada do turismo do lugar, quando os hotéis estão mais cheios e, portanto, um pouco mais caros. De junho a novembro, acontece a temporada dos furacões, que são ocasionais e nunca é possível prever com antecedência quando podem aparecer.

Como chegar?

Ícone

VOOS

Não existem voos diretos do Brasil para St. Maarten. A opção mais fácil é fazer uma conexão em Miami, nos Estados Unidos, lembrando que nesse caso é necessário ter um visto americano válido. Existem opções com escala no Panamá para quem não tem visto americano. Outra opção interessante é chegar de navio, para quem quer fazer um cruzeiro pelo Caribe. Os brasileiros não precisam de visto nem de certificado de vacinas para chegar a St. Maarten, mas o passaporte precisa ter validade mínima de seis meses da data de retorno da viagem. Na checagem da imigração, às vezes é necessário apresentar passagem de volta, comprovante de recursos financeiros e seguro de saúde. São as mesmas regras da Europa. Saiba mais sobre os voos.

Dicas

  • Como circular: St. Maarten e St. Martin dividem a ilha e a melhor maneira de circular por lá é alugando um carro ou usando táxis para distâncias menores. A cidade de Philipsburg é pequena e deve ser percorrida a pé.
  • Front Street: no charmoso centro comercial de Philipsburg, a principal rua de comércio é a Front Street, cheia de cafés, cassinos e lojas duty-free. Gostoso de passear, com centenas de lojas de grifes internacionais, perfumes, eletrônicos, joias (uma das características do lugar), relógios, etc. Philipsburg é porto livre e, portanto, possui bons preços, boas lojas, além de ser um bom lugar para compras, um dos melhores do Caribe.
  • Anguila: aproveite a viagem e conheça Anguila. A Ilha, que fica próxima à St. Maarten e à St. Martin, é tranquila e composta por praias com paisagens lindas e surpreendentes de águas azuis e cristalinas.

Do lado holandês da ilha, considere ficar hospedado em Simpson Bay e Maho Beach, locais de vida noturna mais agitada com bares, cassinos e boates. O lado francês, por sua vez, é mais tranquilo e tem como boas opções de hospedagem áreas como Grand Case, Anse Marcel e Orient Bay.

Ícone

Hotéis em St Maarten

Reserve seu hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Cancún
Cidade do Panamá
Havana
Punta Cana

Compartilhe essa página com os amigos: