Melhores Destinos Smiles: As paisagens de Noronha

Fernando de Noronha: um paraíso brasileiro

O Arquipélago de Fernando de Noronha fica distante da costa brasileira, a 545 km de Recife e pertence ao estado de Pernambuco. Possui um conjunto de 21 ilhas, ilhotas e rochedos. A maior parte do conjunto de ilhas pertence a um Parque Nacional e é considerado Patrimônio Natural da Humanidade, o que ajuda nas políticas de preservação da fauna e flora local.

As águas do mar de Noronha são quentes e alimentadas por uma corrente marinha que vem da costa da África, o que facilita e estimula os esportes aquáticos como o surfe e os vários tipos de mergulho. O mergulho com cilindro é um dos melhores do Brasil e pode ser feito com boa visibilidade em até 50 metros de profundidade. Existem algumas empresas de mergulho que oferecem serviços de qualidade para iniciantes e profissionais. A vida marinha é intensa e variada, com a presença de peixes de recifes de corais, tartarugas, tubarões, golfinhos, etc.

Noronha é um paraíso e encontra-se bastante preservado. Possui um turismo controlado e para poucas pessoas. A dificuldade de acesso e de abastecimento de produtos, o rigor no controle e na preservação ambiental e um turismo exclusivo para poucos, faz com que Noronha seja um destino caro.

Um dos lugares mais controlados de Noronha é a Praia de Atalaia. Uma pequena baía de águas rasas sobre corais que possui acesso restrito. É necessário estar acompanhando de um guia e fazer reserva com antecedência, pois apenas pequenos grupos podem mergulhar de snorkel em Atalaia, geralmente na maré baixa e podendo ficar por, no máximo, 30 minutos observando uma grande variedade de peixes coloridos e outras espécies. Dentre as recomendações do mergulho em Atalaia está a proibição do uso de protetor solar e a observação para não ficar de pé sobre os corais, pois podem ser danificados.

A Praia do Sancho já foi eleita e é considerada a mais bonita do Brasil. O acesso é difícil, pois é necessário descer uma falésia íngreme, com escadarias por meio das falhas entre as rochas. Do alto da falésia dá para ver a beleza da praia. A dificuldade de acesso faz com que muitos fiquem contentes com a vista lá do alto, com isso, a praia se mantém mais preservada.

Lá de cima existe uma bela vista da Baía dos Porcos com as duas grandes rochas dos “Dois Irmãos” como elementos principais dessa, que é a foto mais famosa de Noronha. A Baía dos Porcos também é de uma beleza sem igual. A água é esverdeada, possui piscinas naturais e a vida marinha é intensa. O acesso também é difícil e pode ser feito através de escadarias.

A Praia do Cachorro, que fica perto da Vila dos Remédios, é a mais visitada para quem fica hospedado no centro. A praia é cheia de pedras e possui uma pequena infraestrutura.

Quando ir?

Fernando de Noronha está muito próxima da Linha do Equador, o que garante sol o ano inteiro. As estações se diferenciam pelos períodos de maior e menor índice de chuvas. Chove mais de março a julho e menos de agosto a fevereiro. Janeiro e fevereiro são os melhores meses para quem pretende surfar na ilha. Setembro e outubro os melhores para quem quer mergulhar, mas Noronha é bom o ano inteiro para qualquer um.

Como chegar?

Ícone

VOOS

O Arquipélago de Fernando de Noronha fica distante da costa brasileira. A maneira mais fácil de chegar ao destino é por via aérea, com voos que saem de Recife e Natal, portanto, de qualquer outra cidade brasileira é necessário fazer uma conexão em uma dessas duas. Como existe um controle sobre o número de visitantes no arquipélago, o número de voos é reduzido. Saiba mais sobre os voos

Dicas

  • Como circular? Apesar da ilha ser pequena, as distâncias são relativamente grandes para circular a pé e aproveitar todas as atrações de Noronha. O ideal é alugar um carro e para entrar no clima da ilha, pode escolher um buggy. As caminhadas ficam para as trilhas. Algumas delas levam às praias mais especiais. O turista também pode usar os táxis, que não são baratos, mas nada em Noronha é.
  • Praia Cacimba do Padre: Várias são as praias apropriadas para o surfe. A Cacimba do Padre é a mais importante, pois possui grandes ondas com formação de tubos quase o ano inteiro.
  • Mirante do Bodró: Um dos pontos mais concorridos de Fernando de Noronha, onde é possível assistir ao pôr do sol mais famoso da ilha, com os “Dois Irmãos” ao fundo.

A Vila dos Remédios é a capital do distrito e onde fica o centrinho de Fernando de Noronha com várias opções de hospedagem.

Ícone

Hotéis em Fernando de Noronha

Reserve seu Hotel
Mapa

Lugares para visitar

Outros destinos

Aracaju
Caldas Novas
Florianópolis
Fortaleza

Compartilhe essa página com os amigos: